Posts

João Costa, Secretário de Estado Adjunto e da Educação,
em artigo do Público, revela como os rankings das escolas " favorecem a lógica individualista e competitiva, inimiga da solidariedade que estes tempos requerem"

Como escreve João Costa em artigo do Público, os rankings revelam mais o contexto de escolas privadas onde as famílias com dinheiro podem, e muito bem, apoiar a educação dos filhos do que o mérito das escolas públicas, sem explicações por fora, mas que lutam co...ntra o abandono e a exclusão e não deixam ninguém de fora,

Nestes tempos de pandemia a Escola conseguiu lançar a telescola, avançou com as competências digitais, a autonomia no estudo, os rankings não falam nada deste trabalho diferenciado e inclusivo e anulam o trabalho das comunidades mais vulneráveis.

Verdades que merecem ser apoiadas.

See More
Photos
Videos
Código de Ética do Nós, Cidadãos! Em qualquer atividade humana, é importante que o comportamento individual seja digno: ​​infelizmente, nem sempre é assim, e há pessoas que não correspondem ao que delas se esperava; também em política, os políticos devem estar ao serviço do bem comum da sociedade e não servir-se dos seus cargos para vantagem pessoal ou do partido. A classe política que não servir o bem comum distancia-se cada vez mais da sociedade: para combater este afastamento entre políticos e cidadãos, o Nós, Cidadãos! proclama este código de ética, como diretrizes a serem seguidas pelos nossos filiados e apoiantes a) Os cargos políticos devem ser um serviço temporário a prestar à sociedade, e nunca uma profissão ou modo de vida. b) A promoção do interesse público está acima dos interesses dos partidos políticos e de quem os integra c) É fundamental o respeito por todas as pessoas. Em política, é lícito defender ou opor-se a ideias; mas nunca devemos ofender pessoas cujas abordagens políticas são diferentes das nossas. A grandeza da democracia é a possibilidade de defender ideias diferentes, sem desencadear confrontos pessoais. d) O partido deverá ser capaz de unir todos os cidadãos pelo bem comum, embora eles tenham posições políticas diferentes. e) A forma de fazer política é a persuasão e a argumentação, nunca o insulto ou o confronto. f) Devemos promover a igualdade de todos no âmbito da Constituição da República Portuguesa g) A nossa maneira de ser e as nossas ações deverão ser sempre pela positiva, rejeitando as críticas destrutivas. h) Devemos respeitar a liberdade de consciência e de expressão, garantindo sempre a crítica construtiva e a discussão interna. i) Devemos eliminar qualquer prática discriminatória baseada no sexo, ideologia, fé ou outro tipo de diferença j) Devemos promover o espírito de convivência e respeito pelo parceiro/a como regra geral nas relações. k) Devemos promover a transparência, probidade e honestidade na gestão do Nós, Cidadãos! e das instituições com as quais colaboramos e para as quais somos eleitos l) Devemos promover a defesa e divulgação dos princípios do Nós, Cidadãos! e dos direitos humanos. m) Devemos defender a liberdade de opinião e difusão do pensamento Comportamento ético dos membros do Nós, Cidadãos! com cargos públicos a) Quem representar o Nós, Cidadãos! na administração pública, agirá de boa fé em benefício dos interesses gerais e do bem comum da sociedade. b) Os representantes do Nós, Cidadãos! velarão pela defesa dos bens ou interesses ao serviço dos cidadãos e da Administração. c) Devemos rejeitar e relatar atos de extorsão, manipulação, corrupção, ou pressão por parte de terceiros. d) Não devemos agir politicamente, por ação ou omissão, contra os interesses do Nós, Cidadãos! e) Não devemos pressionar, chantagear ou subornar subordinados ou superiores em benefício próprio ou alheio. f) Devemos cuidar do uso correto da propriedade e investimentos públicos g) Devemos abster-nos de participar em decisões que afetam a nossa profissão ou interesses pessoais ou de terceiros que têm relação pessoal ou familiar lucrativa e / ou patrimonial, passada ou futura.
64
16
Porquê votar - Nós, Cidadãos!
30
4
Siga em direto o 1° Fórum dos cidadãos, a decorrer no Porto. A decorrer o 2 painel com Jack Soifer, Jorge Castilho Dores e Isabel Potier.
36
12