Videos
Fui nomeado relator do Parlamento Europeu para a Bósnia e Herzegovina e exigi esta quinta-feira uma acção urgente da União Europeia para fazer face à situação dois refugiados na região de Bihać. Sou o segundo português - o primeiro foi o Embaixador José Cutileiro - a ter “uma palavra a dizer” sobre estabilidade e pacificação de um dos territórios mais sensíveis do mundo, só equiparado - na escala das tensões geopolíticas - à situação do médio oriente. No debate sobre a situação dos migrantes na Bósnia, sobretudo em Bihac, que decorreu esta semana no Parlamento Europeu em Bruxelas disse que a situação em Bihać e na Bósnia é dramática e não vale a pena estarmos, como estamos sempre a tentar saber de quem é a culpa... A situação é dramática, e por isso, a responsabilidade da União Europeia é ter um plano de emergência já no terreno neste inverno. Enquanto relator sinto uma responsabilidade histórica. Não podemos abandonar as populações da região à sua sorte. Enquanto Vice-Presidente do Partido Popular Europeu tenho estado diversas vezes nos balcãs já que que sou o responsável pela avaliação das candidaturas de partidos que querem aderir à nossa família politica europeia. A distância geográfica portuguesa relativamente à região permite uma maior objectividade e neutralidade para encontrar soluções. Tenho sentido no terreno a grande confiança que os diversos intervenientes depositam em nós e isso representa uma clara vantagem para encontrar soluções.
61
3
Hoje em Estrasburgo condenei a ofensiva turca no norte da Síria e pedi medidas mais drásticas da UE.
57
Excertos de Estrasburgo a propósito da incompreensível posição de Macron sobre a Macedónia do norte: chocante!
26
Posts

Fui nomeado relator do Parlamento Europeu para a Bósnia e Herzegovina e exigi esta quinta-feira uma acção urgente da União Europeia para fazer face à situação dois refugiados na região de Bihać. Sou o segundo português - o primeiro foi o Embaixador José Cutileiro - a ter “uma palavra a dizer” sobre estabilidade e pacificação de um dos territórios mais sensíveis do mundo, só equiparado - na escala das tensões geopolíticas - à situação do médio oriente.
No debate sobre a situaç...ão dos migrantes na Bósnia, sobretudo em Bihac, que decorreu esta semana no Parlamento Europeu em Bruxelas disse que a situação em Bihać e na Bósnia é dramática e não vale a pena estarmos, como estamos sempre a tentar saber de quem é a culpa... A situação é dramática, e por isso, a responsabilidade da União Europeia é ter um plano de emergência já no terreno neste inverno.
Enquanto relator sinto uma responsabilidade histórica. Não podemos abandonar as populações da região à sua sorte. Enquanto Vice-Presidente do Partido Popular Europeu tenho estado diversas vezes nos balcãs já que que sou o responsável pela avaliação das candidaturas de partidos que querem aderir à nossa família politica europeia. A distância geográfica portuguesa relativamente à região permite uma maior objectividade e neutralidade para encontrar soluções. Tenho sentido no terreno a grande confiança que os diversos intervenientes depositam em nós e isso representa uma clara vantagem para encontrar soluções.

See More
It looks like you may be having problems playing this video. If so, please try restarting your browser.
Close
Posted by Paulo Rangel
514 Views

Reunião com a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen. Momento político muito importante para trocar impressões sobre os vários dossiers muito sensíveis que tenho em mãos em particular a conferência sobre o Futuro da Europa e a situação na Bósnia e Herzegovina. Oportunidade também para oferecer à presidente um ensaio que publiquei há uns anos intitulado "Jesus e a política".

Image may contain: 2 people, people smiling, people standing
Image may contain: 2 people, people smiling, people standing and suit
Image may contain: 2 people, people standing and suit